segunda-feira, 23 de abril de 2018

Ah carago, agora até os comemos!...



FOSKASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSE!...

'Tava a ver que nunca mais chegávamos à "mesa" e passávamos a ser como os "outros meninos", a jogar com intervalos de 6, 7 e até 8 dias!...

Ah carago, agora até os comemos!...

Leoninamente,
Até à próxima

domingo, 22 de abril de 2018

Como irão reagir os músculos com tanto descanso?!...


Mais com o coração do que com as pernas - que pouco mais aguentaram do que os primeiros 45 minutos! - a equipa do Sporting soube dar sequência à boa fase que vem atravessando, com uma vitória tranquila sobre o Boavista, que ao longo de toda a partida esteve sempre mais perto de sofrer o segundo golo do que do empate, facto confirmado pelo facto de Rui Patrício ter tido uma das noites mais tranquilas do campeonato, enquanto Vagner terá sido porventura o melhor de todos quantos pisaram o relvado de Alvalade.

Fechada com saborosa vitória a cortina sobre a primeira das quatro finais que o campeonato ainda exigia ao Sporting, quase pela certa Jorge Jesus ver-se-à em palpos de aranha para explicar aos seu jogadores que o próximo jogo apenas terá lugar daqui a seis dias! Nem ele, nem Frederico Varandas, nem mesmo os próprios atletas saberão dar a resposta mais adequada, sobre o que acontecerá no sábado em Portimão...

Como irão reagir os músculos com tanto descanso?!...

Leoninamente,
Até à próxima

P.S. - Há muito tempo que me vinha apercebendo da eventual ambliopia de Jorge Simão, face a uma série de sintomas que tem evidenciado na sua curtíssima carreira. As suas declarações no final do jogo desta noite em Alvalade, acabaram com todas as minhas dúvidas: o lance que o VAR confirmou como penálti, que Bas Dost capitalizou para a vitória do Sporting e que ele afirma ter sido "bola na mão", só seria "mão na bola" se tivesse sido a favor do Benfica...

Este "piqueno", assim tão pequenino, será que sabe dançar?! Duvido!...

Um grande pintor este Jorge Simão! É capaz de ir longe!!!...

Escuso de lhes dizer porquê!...



A todos os leões a quem JJ entregar a séria responsabilidade de ganhar, apenas ganhar e nada mais que ganhar, o jogo de mais logo, eu recomendaria para nunca, mas mesmo nunca e nunca por nunca ser, se colocarem na "linha de tiro" deste "verdadeiro artista", apesar do derbi ainda vir longe...

Escuso de lhes dizer porquê!...

Leoninamente,
Até á próxima

O sanitário municipal de Lisboa!...


Sporting vence Benfica e está a uma vitória do título de campeão nacional

Leões derrotaram o Benfica por 3-2 no terceiro encontro da final

O Sporting passou para a frente na final do campeonato nacional de voleibol, ao vencer o Benfica por 3-2 no terceiro encontro, disputado esta tarde no Pavilhão João Rocha.. Este foi o jogo mais equilibrado da época, depois de as duas equipas terem alcançado, cada uma, um triunfo por 3-0.

O Sporting lidera esta final por 2-1 e está a um triunfo do título. O próximo jogo é dia 28 de Abril, no pavilhão da Luz, às 15h00 e os leões serão campeões se vencerem. Em caso de vitória o Benfica empatará a final (2-2) e haverá uma finalíssima a 1 de Maio, no Pavilhão João Rocha.

Quanto ao jogo deste domingo, foi dos mais equilibrados do ano. O Sporting entrou a ganhar 25-20, o Benfica respondeu com 24-26; os leões voltaram para a frente com 25-19 e os encarnados triunfaram no quarto set por 18-25. Na negra, o Benfica começou melhor (5-8), mas o Sporting empatou (9-9) e até final o set foi discutido ponto a ponto, terminado 15-13 favorável à equipa de Alvalade.

Contrariando os prognósticos do jornalista Diogo Jesus, indisfarçável benfiquista que no jornal Record parece corroborar ostensiva e despudoradamente os projectos quinquenais do "estado lampiânico", o Benfica não se deslocou ao pavilhão João Rocha para se sagrar campeão, na própria casa do eterno rival. Essa prerrogativa terá até sido completamente desvirtuada e será agora o Sporting a ter a possibilidade de alcançar esse desígnio no pavilhão da Luz.

Ai se as diarreias mentais ganhassem jogos, do outro lado da nossa rua teríamos...

O sanitário municipal de Lisboa!... 

Leoninamente,
Até à próxima

Muito importante entrar bem no jogo!...


Mais uma final importante a muito curto prazo para o Sporting. Face à convocatória de Jorge Jesus, ainda que naturalmente venham a acontecer algumas surpresas no decorrer do encontro, creio que os titulares serão:

Rui Patrício; Ristovski, Coates, Mathieu e Coentrão; Battaglia, Bryan Ruiz, Gelson Martins e Acuña; Bruno Fernandes e Bas Dost.

Muito importante entrar bem no jogo!...

Leoninamente,
Até à próxima

É o estado a que chegou o "DAESH ESCARLATE"!...



FINAL DO ESTORIL-BENFICA MARCADO POR CONFRONTOS ENTRE ADEPTOS (LINK)

Situação que obrigou as forças de segurança a recorrer às bastonadas


«... Perto de uma centena de adeptos do Benfica que se encontravam na zona oposta do estádio dirigiram-se para a zona das bancadas por trás do banco de suplentes do Estoril, contornando o reduto dos canarinhos e, aproveitando a porta aberta, entraram e criaram uma enorme confusão.  Aqui, a polícia foi obrigada a utilizar os bastões para serenar os ânimos e evitar males maiores. De seguida, a preocupação foi escoar os adeptos ali presentes e, sobretudo, proteger as crianças, muitas delas visivelmente assustadas...»


São os "donos disto tudo" perante a mais revoltante passividade das autoridades...

Por todo o país, matam e esfolam ao sabor do seu lívre arbítrio e nada lhes acontece, nem ao clube que os patrocina e lhes garante a impunidade!...

É o estado a que chegou o "DAESH ESCARLATE"!...

Leoninamente,
Até à próxima

sábado, 21 de abril de 2018

Dúvidas sobre a maior potência desportiva nacional?!...


TARDE DE SONHO!

As equipas de andebol e voleibol do Sporting Clube de Portugal, venceram esta tarde de forma confortável, inapelável e concludente, os jogos que disputaram respectivamente no Dragão Caixa, o FC Porto por 30-27 e no Pavilhão João Rocha, o SL Benfica por 3-0.

No reduto dos dragões o Sporting deu um importante passo rumo ao título, ao alcançar um triunfo que acaba por deixar o Porto praticamente arredado da luta pelo campeonato. Depois de uma primeira parte equilibrada, os leões mostraram mais acutilância ao nível ofensivo, contando com a particular inspiração de Cláudio Pedroso e Tiago Rocha.

Já no novo Pavilhão João Rocha, com a vitória por 3-0 no 2.º jogo do playoff de atribuição do título nacional de voleibol, o Sporting recuperou da derrota sofrida na Luz no primeiro jogo, pelo que as duas equipas se apresentam agora empatadas (1-1), quando faltam disputar mais três jogos, sendo que o 3º jogo terá lugar já amanhã à tarde, de novo no Pavilhão João Rocha.

Dúvidas sobre a maior potência desportiva nacional?!...

Leoninamente,
Até à próxima


P.S. - Como curiosa nota de rodapé, que diz bem da subordinação de certos jornaleiros como Diogo Jesus do jornal Record, que ainda hoje nem terá dormido para publicar às 04:37 na edição online, o seguinte título escarlate:

BENFICA PODE FESTEJAR TÍTULO EM CASA DO SPORTING

Encarnados querem ganhar sábado e domingo no Pavilhão João Rocha (LINK)

Coitado do Diogo Jesus, melhor fora que tivesse aproveitado para dormir!...

Aqui del rei, quem nos acode!...



Nas barbas da polícia e da magistratura, que parecem entretidas em disfarçar tão puro e duro exercício sadomasoquista...

Aqui del rei, quem nos acode!...

Leoninamente,
Até à próxima

Mas "cagande" estrutura!!!...



RUI COSTA ACUSADO DE SER “PREGUIÇOSO” (LINK)

Atitude e papel do administrador da SAD terão sido reprovados por Domingos Soares de Oliveira

Mas "cagande" estrutura!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Ver o barrote que tem à frente dos seus!...


ISTO E MAIS UM MITROGLOU, EVIDENTEMENTE

«A propósito daquela velha arte competitiva a que chamam "atitude", a segunda parte do jogo entre o Sporting e o Porto, para a Taça de Portugal, trouxe-nos ecos da segunda parte do jogo entre o Benfica e o Porto, para o campeonato. Entre as ocorrências passaram-se quatro dias e, na realidade, não deixa de ser curioso ter a equipa de Sérgio Conceição sucumbido nos segundos 45 minutos de Alvalade ao mesmo tipo de pecado cometido pela equipa de Rui Vitória no último tempo do clássico da Luz. Aconteceu a Sérgio Conceição e a Rui Vitória não escaparem à impiedade popular. Tendo ambos os treinadores, dizem os analistas, considerado que os resultados ao intervalo lhes agradavam imenso, foram castigados com a derrota. No caso do treinador do Porto, valeu-lhe o afastamento da final da Taça de Portugal, coisa menor. No caso do treinador de Vitória, valeu-lhe a perda da condição de líder do campeonato e a perda da vantagem de depender o Benfica apenas de si próprio. E isto, sim, coisa maior.

É normal, quando acontecem estes desaires, dedicarem-se os adeptos da equipa derrotada a longos e penosos exercícios de culpabilizações internas e externas, sempre à vontade do freguês. E se a eliminação do Porto foi apenas um pro forma sem pinga de tragédia, o espalhanço do Benfica foi, de facto, estrondoso e fez mossa. Daí a lista de culpados que começou a circular na Luz mal Soares Dias apitou para o fim do jogo, sendo que o primeiro nome dessa lista, obviamente, era o nome do próprio Soares Dias, o árbitro da partida. Seguia-se o nome do treinador do Benfica por causa das substituições que fez. E logo a seguir, os nomes de todos os administradores da SAD do Benfica, também eles mais do que culpados por Rui Vitória só ter podido fazer as substituições que fez. Depois vinham os nomes dos jogadores substitutos e dos jogadores substituídos e ainda os de uma multidão de funcionários do clube por não terem feito nada do que era preciso fazer. E, a culminar, os nomes dos tratadores relva e também os nomes de quem teve a triste ideia das cantorias no início do jogo que só serviram para desconcentrar o público e os nossos jogadores.
De um modo geral são muito injustas estas acusações. O desaire, na realidade, explica-se em poucas palavras. O Benfica perdeu com o Porto porque, a meio da semana que antecedeu o clássico, não se lembrou de pedir ao João Gabriel (who else?) para escrever um ‘tweet’ das arábias perguntando se sempre era verdade que o árbitro que foi ameaçado na Maia iria ser o mesmo do jogo do título. Bastava isto. Isto e mais um Mitroglou, evidentemente.

Foi uma semana tão cinzenta para o Benfica que a única notícia que ainda teve a sua pequena graça foi a do novo empréstimo ‘desobrigacionista’ do Sporting no valor de 60 milhões. Isso e o regresso do presidente aos palcos, evidentemente. Valha-nos Deus.»
(Leonor Pinhão, Floresta de Pernas, in Record)


Só eu sei o gozo que me deu descobrir que bem no meio da "floresta das pernas da Leonor" escorria  um líquido orgânico qualquer que, à distância, já não saberei precisar se seriam lágrimas de amargura ou uns pinguitos de xixi de uma incontinência qualquer ditada pela profunda desilusão, ou mesmo pelo terrível amarfanhamento da "piquena", depois de ter ficado a ver o penta por canudo tão fininho, tão fininho e... tão limpinho, tão limpinho, para mais no agradável conforto do lar, enquanto secava a loiça do jantar ou ia dobrando as camisas do realizador que ainda vai acautelando as despesas lá de casa porque, convenhamos, a côngrua das crónicas que vai escrevendo, a julgar pelas parcas audiências que provavelmente estará a conseguir, pouco mais deverá dar do que para pagar a conta da água!...

Já sobre a única alegria que terá tido no meio do "cinzentismo" da semana, a "piquena" terá "decididamente decidido" ser infeliz: do que ela se havia de lembrar para amenizar a sua dor!...

Há quem seja capaz de ver o argueiro nos olhos dos outros e se revele incapaz de, mesmo que os deuses lhes valham...

Ver o barrote que tem à frente dos seus!...

Leoninamente,
Até á próxima

PUBLICIDADE